Fla aplica goleada no Grêmio e está na final da Libertadores

Fla aplica goleada no Grêmio e está na final da Libertadores

O Flamengo vai representar o futebol brasileiro na final da Libertadores da América 2019. Isso porque o time comandado pelo português Jorge Jesus atropelou o Grêmio no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, na noite desta quarta-feira, 23 de outubro. O Rubro-Negro Carioca goleou o Tricolor Gaúcho por 5 a 0, contabilizando 6 a 1 no placar agregado.

Em um Maracanã tomado pela torcida carioca, o Flamengo oferece pouquíssimas oportunidades para o Grêmio desde o primeiro minuto de jogo. No entanto, a etapa inicial foi ligeiramente discreta com apenas um gol anotado por Bruno Henrique. O Grêmio voltou do intervalo necessitando de apenas um gol para levar a partidas para os pênaltis, mas teve dificuldades para passar do meio-campo.

O Flamengo foi para cima e anotou mais quatro vezes com Gabigol (duas vezes), Rodrigo Caio e Pablo Mari. O goleiro Diego Alves teve que mostrar trabalho somente em um lance na etapa final. Agora, o Flamengo quebra um jejum de 38 anos sem disputar uma decisão do campeonato sul-americano.

O Rubro-Negro tinha se garantido somente em uma decisão da competição continental foi em 1981, quando venceu o Cobreloa, do Chile. De lá para cá, o time amargou eliminações na fase de grupos e um período sem títulos nacionais nos últimos anos.

Com vantagem de 10 pontos para o vice-líder Palmeiras, o Flamengo tem chance de fazer algo inédito nesta temporada caso conquiste a Libertadores e o Campeonato Brasileiro.

Flamengo na final da Libertadores

Vale salientar que o Flamengo entrou em campo já sabendo que pegaria o River Plate, da Argentina, em caso de classificação. O time brasileiro estará na primeira final da história disputada em apenas um jogo. O confronto ocorrerá em um campo neutro e está programada para o dia 23 de novembro, em Santiago, no Chile.

A única possibilidade do Flamengo não desembarcar na capital chilena é uma alteração de palco devido a crise no Chile. Nos últimos dias, o país enfrenta uma turbulência política e de segurança em função do aumento do valor do transporte público. A Conmebol acompanha a situação e pode pensar em um plano alternativo se a crise não for amenizada.

No entanto, a Conmebol optou por manter a realização da Libertadores Feminina no Equador mesmo com uma situação caótica similar ao que vem ocorrendo no Chile.

Conheça as promoções especiais que a Futwin preparou para você e faça suas apostas agora mesmo!

Fechar Menu